FANDOM


Vampiros - ou Kindred, como eles chamam a si mesmos - existem há séculos e, muitas vezes parece imutáveis aos olhos mortais. Porém, a sociedade Kindred, sofreu convulsões, evolução e conflitos. Olhemos para a história pelo ponto de vista vampírico, para que possamos entender melhor suas ações hoje.

CAIM E AS PRIMEIRAS NOITES

Acordo com o mito Kindred, o primeiro de sua espécie foi Caim, o primeiro assassino. Por seu crime, Caim foi amaldiçoado por Deus e, assim, transformado em um vampiro. Exilado das pessoas, Caim foi forçado a proseguir à margem da civilização, com medo do sol e voraz por sangue.

Em sua solidão, Caim procurou por uma bruxa poderosa chamada Lilith, que tinha sido a primeira esposa de Adão. Lilith ensinou Caim a usar seu sangue para realizar magias poderosas (na verdade, alguns hereges alegam de que Lilith, não Caim, foi a primeira vampira). Lilith ensinou Caim muitas coisas, inclusive como usar seu sangue para evocar poderes místicos - e como criar outros de sua espécie.

SEGUNDA GERACAO E A PRIMEIRA CIDADE

A princípio, Caim recusou-se a procriar, acreditando que é errado para amaldiçoar o mundo com outros de sua espécie. Mas eventualmente ele cresceu sozinho e trouxe outros três na dobra vampírica. Estes três, por sua vez gerou mais 13, e esses monstros vorazes foi entre os povos primitivos do mundo, descuidadamente se alimentando e usando os mortais como fantoches em suas rixas entre irmãos. Caim, indignado com este comportamento, proibiu a criação de mais descendentes. Reunindo suas crias e Netos a ele, Caim construiu uma grande cidade - a primeira cidade do mundo - e nela vampiros e mortais conviviam em paz.

OS ANTEDILUVIANOS E OS CLÃS

A Paz não durou por muito tempo. As crias de Caim disputavam os afetos seu senhor, e mais uma vez, os mortais foram usados como peões nessa disputa. Finalmente a cidade foi destruída - alguns dizem que um desastre natural foi a causa da destruição (possivelmente o Dilúvio bíblico); outros, que uma feitiçaria invocada sobre a cidade por uma das vingativas crias de Caim, precipitou o cataclismo. Caim desapareceu nas cinzas, e nunca mais ouviu-se falar dele. Os três vampiros de Segunda Geração também desapareceram nas brumas da lenda. Mas os 13 netos de Caim 13, livres de restrições, começaram a criar novos vampiros, devido esse abandono. Os 13 vampiros se tornaram conhecidos como Antediluvianos, e suas crias, criadas às suas imagens, herdaram os dons mágicos e maldiçoes Antediluvianas. Assim foram os clãs formados.

A IDADE DAS TREVAS

Os clãs se espalharam pelo mundo semeando discórdia e miséria. Embora cada geração de vampiros provasse mais ser mais fraca que o anterior, fizeram-se para cada geração números maiores de membros. Nos zigurates da Babilônia, nos palácios de Creta, nos tribunais de Roma, os vampiros sempre governaram como tiranos sombrios, usando os mortais como alimento soldados involuntários. Vampiro guerreou com o vampiro, o clã com o clã, e assim - desde as rivalidades antigas da Primeira Cidade - nasceu a grande Jyhad (guerra entre os clãs) que ainda é travada hoje.

Os Kindred chegaram ao seu pior excesso durante o início da Idade Média. Durante este período, muitos vampiros governaram abertamente, sufocando camponeses e senhores de feudos os goverando sob seu controle noturno. A população vampírica atingiu números insalubres, e parecia que a Terra pertencia aos Kindred para sempre.

A REVOLTA ANARQUISTA

Esse domínio não prevaleceu para sempre. Os Filhos de Caim, em sua arrogância, começaram a exibir o seu poder de forma flagrante. Camponeses aterrorizados sussurraram sobre monstros entre eles – e a Igreja começou a ouvir. Os relatórios de alguns padres horrorizados gerou uma frenética Inquisição, e os mortais vingativos se levantaram em uma onda de fogo e sangue. Embora individualmente muito mais poderoso do que os mortais, mesmo os mais poderosos vampiros não lutar contra o grande número de humanos sozinho; vampiro por vampiro foi arrastado de sua toca e atirado no fogo ou luz solar.

No auge da Inquisição, uma corrente de revolta tomou conta dos Filhos de Caim. Vampiros mais jovens, que estavam sendo implantados como bodes expiatórios por anciãos apavorados, começaram a se levantar contra seus senhores e mestres. Na Europa Oriental, um grupo de vampiros aprendeu a cortar os laços místico através do qual eram controlados como touros por seus senhores. Logo toda a Europa fervia debaixo de uma revolta noturna, a medida que crias rebeldes atiraram-se sobre o jugo de seus senhores. Entre a Inquisição e a revolta dos vampiros "anarquistas", parecia que o nenhum vampiro sobreviveria.

E assim, no século 15, um concílio foi convocado. Sete dos 13 clãs unidos em uma organização chamada Camarilla. Com a vantagem de números, a Camarilla suprimiu os anarquistas e concordaram em viver por trás de um grande Máscara. Nunca mais os vampiros controlariam mostrais abertamente, como os senhores da Camarilla decretaram. “Vamos esconder entre os mortais, e esconder nossa natureza de nossa presa, e em poucas décadas os mortais nos verão apenas como mitos”.

Assim, a Máscara nasceu e a Inquisição gradualmente esqueceu a sua meta original.Os anarquistas que não iria se juntar à Camarilla eram tratados como lixo, e vieram a emergir como o culto conhecido como Sabbat.Com a descoberta do Novo Mundo e a aurora da ciência, a humanidade gradualmente se esqueceu dos Kindred, relegando-os ao status de lendas infância. Mas, embora escondido, os vampiros ainda eram bastante reais. As guerras da Jyhad se alastraram, embora as noites de batalha aberto foram substituídas por súbitas emboscadas e manobras de peões humanos. Tecendo suas teias por toda a cidade em constante expansão, os Kindred evitou seus jogos anteriores, fazendo uso de táticas mais metódicas, porém não menos mortal.

AS NOITES MODERNAS E A GEHENNA

E as guerras continuaram ao longo dos séculos, e continuam ainda. E com elas a Jyhad - apesar de arranha-céus tomarem o lugar dos castelos, metralhadoras e mísseis substituírem espadas e tochas, ações carteiras por cofres de ouro, o jogo permanece o mesmo. Batalhas Kindred contra Kindred, batalhas clã contra clã, batalhas Camarilla contra Sabbat, como o fizeram durante eras. Feudos vampíricos que começaram durante as noites de Carlos Magno, se desenrolam hoje nas ruas de New York City; um insulto dito na corte do Rei Sol pode encontrar-se respondido por uma aquisição corporativa em São Paulo. As cidades atuais proporcionam inúmeras oportunidades para a alimentação, do poder de manipulação - e guerra.

Cada vez mais os vampiros falam sobre Gehenna - a noite do apocalipse vampírico, onde acredita-se que os vampiros mais antigos, os Antediluvianos, sairão de suas tocas escondidas para devorar todos os vampiros mais jovens. Esta Gehenna, ao ver dos Kindred, será um presságio do fim do mundo, onde vampiros e mortais serão consumidos em uma maré inexorável de sangue. Alguns vampiros se esforçam para evitar Gehenna, alguns a esperam de forma fatalista, e ainda outros o consideram Gehenna como um mito. Aqueles que acreditam no inferno, no entanto, dizem que o tempo do fim vem muito em breve - talvez em questão de anos.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.